TXT_ARTICLEs

Fusão e aquisição de empresas

Fusão e aquisição de empresas

No Brasil, esses processos tiveram um grande crescimento nos últimos anos. Alguns dos principais motivos para isso acontecer estão ligados à descentralização de mercados locais e ao crescimento dos externos, além de estarem relacionados às tendências internacionais que fazem aumentar a associação de empresas estrangeiras e brasileiras.
Mas antes de entendermos o que é uma fusão e uma aquisição no mundo empresarial, é necessário conhecer as principais diferenças entre esses dois conceitos. Por isso, separamos a seguir alguns tópicos que você precisa saber sobre o assunto. Acompanhe!

Diferenças entre fusão e aquisição
Os termos fusão e aquisição são muitas vezes utilizados como sinônimos, contudo os processos são diferentes e têm resultados diversos.

Em uma fusão, 2 empresas distintas (geralmente com porte similares) fazem permuta de ações, dando origem a um negócio novo. Ou seja, fusão é a união de 1 ou mais corporação. Essas organizações deixam de existir juridicamente e dão origem a uma terceira, com nova identidade.

Já no caso de aquisição, uma empresa compra a outra ao adquirir suas ações, ou até mesmo parte delas. Após essa negociação, o empreendimento é integrado às operações da compradora. Neste processo, existe a possibilidade de a organização adquirida deixar de existir.

Em uma fusão, é recorrente que as envolvidas possuam atuação em comum. É o caso de empresas do mesmo segmento que decidem se fundir para criar um negócio de grande porte e mais sólido.

TXT_ARTICLE No.: Read: 1232 times
Rate this TXT_ARTICLE: